Fale Conosco

Realizações

Grupo Espírito Santo
(TIVOLI Ecoresidences / Pojuca S.A. / Espart)

TIVOLI Ecoresidences

2007 – 2012 Praia do Forte – Ba

Condomínio Residencial e Turístico, inserido na APA – Área de Proteção Ambiental do Litoral Norte, composto de 42 unidades autônomas de alto padrão , sendo 33 da tipologia 3QA com 321,07 m² de área privativa, 07 da tipologia 4QA com 400,42m² de área privativa e 02 da tipologia 4QB com 649,18m² de área privativa, além de equipamentos de uso comum: Guarita; Vestiários/Banheiros; Coleta de Lixo; Administração; Área de Manutenção; Loja de Conveniência, recepção e passarela de Pedestres, totalizando uma área de 15.830,92m².

Atuação

  • Coordenação Geral do Empreendimento TIVOLI Ecoresidences.

Serviços Realizados

  • Apoio na elaboração dos elementos componentes da Incorporação e respectivo registro no Cartório de Imóveis;
  • Levantamento Planialtimétrico Cadastral;
  • Contratação do Projeto Urbanístico e das Edificações;
  • Obtenção das viabilidades das concessionárias dos Serviços Públicos: Embasa – Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário; Coelba – Fornecimento de Energia Elétrica;
  • Estudos Ambientais;
  • Licenças Ambientais:
    • Anuência do Gestor da APA;
    • Licença do SEMARH – Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos;
    • Licença de Supressão de Vegetação CRA/INEMA/NUMMA;
    • Licença Simplificada – LS, emitida pela Prefeitura de Mata de São João;
    • Licença de Afugentamento de Fauna – NUMMA;
    • Atendimento dos Condicionantes previstos nas Licenças;
    • Obtenção da Licença do IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional;
  • Contratação dos Projetos das Especialidades referentes às edificações e equipamentos;
  • Contratação dos Projetistas de Infra-estrutura;
  • Licenciamento do Projeto na Prefeitura de Mata de São João e demais Órgãos Competentes;
  • Elaboração/Negociação da Proposta Técnica do Financiamento para Obras através do Bradesco/ENGEBANC;
  • Realização de licitação através de modalidade de Carta Convite (mínimo três propostas) para construção do Empreendimento;
  • Elaboração de quadro comparativo das propostas componentes da licitação;
  • Definição da empresa construtora vencedora da licitação, conjuntamente com o Empreendedor;
  • Apoio na elaboração do Contrato de Empreitada Global;
  • Coordenação da Fiscalização das obras no que se refere à qualidade, preços e prazos da obra;
  • Obtenção do Habite-se de conclusão das obras;
  • Elaboração dos Termos de Recebimento Provisório e Definitivo da Obra;
  • Acompanhamento da averbação da construção no Cartório de Imóveis;
  • Apoio na comercialização das unidades (campanhas publicitárias, reuniões com as imobiliárias, etc);
  • Elaboração de Check List de vistoria das casas após conclusão das obras;
  • “As Built” de todos os projetos (arquitetura, instalações) das residências, infra-estrutura e equipamentos;
  • Apoio na elaboração do Contrato de Compra e Venda das Unidades e respectivos elementos de entrega da unidade aos clientes (Check List, Declaração de Conhecimento, Termo de Entrega e Recebimento do Imóvel;
  • Elaboração do Manual do Proprietário;
  • Relacionamento com os Clientes durante a fase de entrega das unidades;
  • Implantação do Condomínio;
  • Entrega das Áreas Comuns ao Síndico/Comissão de Obras.

Pojuca S.A. – TIVOLI Ecoresort Praia do Forte

2007 – até a presente data Praia do Forte – Ba

Reformas de modernização dos apartamentos (Retrofit), áreas de serviços e recepção do TIVOLI Ecoresort.


Atuação

  • Coordenação Geral das Obras.

Serviços Realizados

  • Apoio na elaboração dos elementos componentes da Incorporação e respectivo registro no Cartório de Imóveis;
  • Levantamento Planialtimétrico Cadastral;
  • Contratação do Projeto Urbanístico e das Edificações;
  • Obtenção das viabilidades das concessionárias dos Serviços Públicos: Embasa – Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário; Coelba – Fornecimento de Energia Elétrica;
  • Estudos Ambientais;
  • Licenças Ambientais:
    • Realização de Plantas Cadastrais dos Ambientes que serão reformados;
    • Elaboração dos Anteprojetos/Especificações de Arquitetura – pelo Escritório da Anastassiadis Arquitetos;
    • Definição do programa das cozinhas pela Equipe de A&B;
    • Elaboração dos Anteprojetos das Cozinhas, Restaurantes GOA e Tabaréu;
    • Elaboração dos Anteprojetos de Instalações Elétricas, Hidrosanitárias, Gás, Exaustão, Ar Condicionado, Eletrônica para os ambientes da cozinha;
    • Cronograma de Investimentos Fase de Projetos e Licenças;
    • Estimativa de Investimentos das reformas;
    • Projetos Executivos de Arquitetura/Cozinha/Instalações;
    • Conciliação dos Projetos de Instalações com os de Arquitetura;
    • Preparação do Caderno de Encargos para Concorrência das obras/Declaração de Visita aos locais das obras;
    • Concorrência entre (2) empresas (no mínimo) x Orçamentos Definitivos;
    • Licenciamento dos Projetos na Prefeitura;
    • Elaboraçaõ de Proposta Técnica/Financeira para o Bradesco/BNDES para financiamento das obras de reformas;
    • Acompanhamento no Bradesco/Engebanc (empresa credenciada pelo Bradesco) da Proposta Técnica de Financiamento para as Reformas de 2012/2013;
    • Coordenação da Fiscalização das Obras:
      • Acompanhamento da própria obra;
      • Acompanhamento dos Consultores especializados;
      • Apoio nos Contratos das Obras Civis: Cronograma Físico Financeiro; projetos Executivos de Arquitetura, Cozinha e Instalações, Especificações, orçamentos etc.

Ambientes reformados:

Reformas 2007 (Período Maio a Outubro)

  • Apartamentos Alas 15 e 16 (40 unidades) – Área 1.798,60 m²
  • Apartamentos Alas 13 e 14 (24 unidades) – Área 1.363,08 m²
  • Recepção – Área 743,78 m²
  • Lounge (anexo ao Snack Bar) – Área 217 m²
  • Restaurante Sombra do Coqueiral (mobiliário sob o pergolado) e Deck de entrada/Arranjos
  • Apartamentos Alas 1/2/3 (48 aptos-12 De Luxe) – Área 2.368,34 m²

Reformas 2008 (Período Setembro a Dezembro)

  • Cozinha principal do Restaurante GOA – Área 350 m²
  • Reforma da Sala de Convenções existente (Garcia D Ávila) – Área 452 m²
  • Construção de Novo Salão de Convenções (Açu da Torre) – Área 576 m²

Reformas 2009 (Período Maio a Agosto)

  • Apartamentos Alas 17/18/19 (43 unidades) – Área 2.360,81 m²
  • Suíte Presidencial – Área 274,51 m²
  • Piscina Social – Área 300 m²
  • Mudança total do telhado do Sombra do Coqueiral – Área 300 m²

Reformas 2011 (Período Maio a Agosto)

  • Apartamentos Face Lift das Alas 7/8/9(48) – Área 2.406,18 m²
  • Apartamentos Alas 5/6(32) – Área 1.503,92 m²
  • Apartamentos Ala 4- (15)- (6) De Luxe – Área 780,50 m²
  • Reforma do Buffet Restaurante GOA
  • Ampliação da Cozinha do GOA (depósitos, câmaras frigoríficas etc.) – Área 110 m²
  • Bar e Copa auxiliar da Cozinha do GOA
  • Decoração do Restaurante GOA (luminárias, (3) mesas para 12 lugares, Lounge com (3) conjuntos-mesa e (4) cadeiras e Pintura no padrão do Hotel)
  • Construção de ADEGA para 700 garrafas

Reformas 2012 (Período Maio a Julho)

  • Reforma do Snack Bar (cozinha/salão) e Lounge (Área 497,58 m²)

Espart – Adm. e Participações S.A.

2004 – 2006 Genipabu – Litoral Norte – Ba

Projeto Turístico e Imobiliário contemplando Lote para implantação de projeto Hoteleiro com 243 unidades inserido na APA de Proteção Ambiental Lagoas de Guarajuba e Gleba para Empreendimento Residencial Pluridomiciliar em terreno de 32 ha, localizada na Estrada do Coco – Litoral Norte – Salvador/BA.

Atuação

  • Coordenação Geral de Projeto Turístico e Imobiliário.

Serviços Realizados

  • Projeto Urbanístico (Masterplan);
  • Projeto Hoteleiro/ Projetos Unidades Residenciais;
  • Projetos complementares para as edificações;
  • Definição dos Projetistas para a realização dos Projetos:
    • Arquitetura
    • Urbanismo
    • Abastecimento de Água
    • Esgotamento Sanitário
    • Gás
    • Coleta de lixo
    • Acessos ao Terreno
    • Energia e Iluminação Pública
    • Telefonia
    • Drenagem Pluvial
    • Estudo de Impacto Ambiental -EIA/RIMA
    • Lógica
  • Cronograma de Investimentos Fase de Projetos e Licenças;
  • Contratação dos Projetos e outras ações:
    • Levantamento Planialtimétrico da área;
    • Relatório de Restrições Ambientais;
    • Parecer Técnico – Mapa de Visibilidade (Estrada do Coco, no sentido da Copa dos Coqueiros do primeiro Cordão – DUNA);
    • Enquadramento do Projeto nos Parâmetros da APA de Lagoas de Guarajuba e nos Parâmetros Urbanísticos da Prefeitura de Camaçari;
    • Projeto Esquemático da Passarela para Pedestres sobre a Lagoa;
    • Estudos de avaliação dos Impactos Ambientais do Projeto;
    • Soluções de Infra-estrutura;
    • Elementos componentes do Pedido de LL (Licença de Localização);
    • Relatório dos Aspectos Construtivos e Impactos (locais) – Passarela de Pedestres;
    • Plano Diretor de Paisagismo priorizando espécies vegetais autóctones;
    • Programa de Comunicação Social e Educação Ambiental;
      • Ações com a comunidade do entorno;
      • Ações com os operários da obra e Infra-estrutura;
      • Ações com os Proprietários e Usuários do Empreendimento;
      • Acompanhamento e monitoração;
    • PRAD – Plano de Recuperação de Áreas Degradadas;
    • Programa de monitoramento da qualidade do ar e controle de ruídos;
    • Programa de monitoramento limnológico da qualidade da água e de cargas difusas;
    • Programa de resgate, monitoramento e manejo da fauna;
    • Programa de Manejo dos Solos/ Supressão de Vegetação/ Aproveitamento Seletivo da Camada Orgânica de Solos;
    • Plano de controle de Erosão durante a Construção e de Assoreamento de Corpos Hídricos durante a implantação;
    • Plano de controle de Ressuspensão de Poeira;
    • PGRS – Plano de Gerenciamento Resíduos Sólidos;
    • Relatório de Sondagens;
    • Visita ao Terreno/ Apresentação do Projeto aos Conselheiros do CEPRAM – Conselho Estadual do Meio Ambiente, antes da aprovação do Projeto;
    • Obtenção de Carta CLN – Consórcio Litoral Norte, a respeito do Acesso à BA-099 (Estrada do Côco);
    • Projeto de Supressão de Vegetação.
  • Obtenção de orçamentos estimados dos investimentos das obras – urbanização e construção;
  • Identificação de empresas construtoras para construção do Empreendimento (Obtenção de Propostas);
  • Relacionamento com os órgãos governamentais/outros;
    • Prefeitura Municipal de Camaçari;
    • Secretaria da Cultura e Turismo do Estado da Bahia;
    • Órgãos Ambientais;
    • Concessionárias de serviços públicos (Embasa, Coelba, Telemar);
    • Associações de Classe – CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura, ADEMI (Associação dos Dirigentes das Empresas do Mercado Imobiliário) e ABIH (Associação Brasileira da Industria de Hotéis);
    • ONG’S (Organismos não governamentais);
    • Empresas Imobiliárias;
    • Empresas de Publicidade;
    • Escritórios de Projetos;
    • CONDER – Companhia de Desenvolvimento da Região Metropolitana;

Licenciamentos Obtidos:

  • Obtenção da Certidão de análise e orientação Prévia da Prefeitura de Camaçari (Uso do Solo para a Região);
  • Anuência do CONDER – Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia;
  • Termo de Compromisso assinado com o Governo do Estado da Bahia (Infra-estrutura externa):
    • Acompanhamento junto a Secretaria de Turismo, das obrigações do Estado contidas no Termo de Compromisso;
  • Apresentação Pública do Projeto ao Conselho Gestor da APA de Guarajuba;
  • Aprovação do Projeto no SEMARH – Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos;
  • IPHAN – Anuência do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional: Serviços concluídos de levantamento arqueológico prospectivo de Sub-Superfície; Relatório final;
  • Licenciamento Ambiental – Licença de Localização (LL), obtida em 01/12/2005 (DOE – Diário Oficial do Estado), expedida pelo CEPRAM – Conselho Estadual de Meio Ambiente;
  • Licença de Implantação (LI) – CRA;
  • Anuência do Projeto TAMAR/IBAMA;
  • SPU – Secretaria de Patrimônio da União – Certidão de Dominialidade;
  • Cartas das Viabilidades das Concessionárias do fornecimento de serviços públicos: EMBASA, COELBA e LIMPEC;
  • Licença de Supressão de Vegetação;
  • Anuência Prévia do Gestor da APA;
  • Atendimento aos Condicionantes Ambientais previstos nas Licenças LL e LI;
  • Licenciamento do Projeto junto à Prefeitura Municipal de Camaçari;

Meliá Brasil Adm. Hotel Comercial Ltda

2006 – 2009 Genipabu Litoral Norte – Ba

Adequação de Projeto Hoteleiro aprovado para Bandeira Meliá, situado na APA – Área de Proteção Ambiental das Lagoas de Guarajuba, compreendendo Hotel de 282 quartos e Gleba para unidades residenciais pluridomiciliares, em área de 32 ha, localizada na Estrada do Coco – Litoral Norte – Salvador/BA.

Projeto Hotel Resort Guarajuba

Atuação

  • Coordenação Geral de Projeto Turístico e Imobiliário.

Serviços Realizados

Prefeitura de Camaçari

  • Alvará do Loteamento e Hotel Resort Guarajuba Nº 07/08;
  • Alvará Hotel Guarajuba Nº 317/08;
  • Termo de Acordo e Compromisso assinado com a Prefeitura de Camaçari;
  • Decreto de Aprovação do Loteamento e Hotel Resort Guarajuba;
  • Atendimento dos Condicionantes Técnicos constantes nos Alvarás do Hotel/Loteamento.

Governo do Estado

  • Protocolo de Intenções assinado com o Governo do Estado da Bahia.

Licenciamento Ambiental

  • Transferência da Licença de Localização (LL) da Empresa Espart para a Empresa Guarajuba Empreendimentos; Adequação do Projeto aprovado à Bandeira Meliá;
  • Licença de Implantação (LI) Nº 9863;
  • Anuência Prévia do Gestor da APA – SEMARH;
  • Aprovação do Plano de Resgate de Fauna pelo CRA/IMA;
  • Anuência Projeto TAMAR Nº 24/2008;
  • Licença de Supressão de Vegetação Nº 9749;
  • Solução do Passivo Ambiental existente na propriedade, com obtenção das Licenças:
  • Licença Prefeitura/ Licença CRA/Relatório Técnico do IMA, atestando a conclusão da obra;
  • Atendimentos aos Condicionantes da Licença de Localização da Empresa Espart para a Empresa Guarajuba Empreendimento;
  • Atendimento aos Condicionantes da Licença de Implantação (LI);
  • Anuência do Projeto TAMAR.

Plano Diretor em área de terreno de 452,62 ha


  • Levantamento Planialtimétrico Cadastral;
  • Relatório de Restrições e Potencialidades de Uso/ Visibilidade;
  • Análise preliminar do Master Plan, realizado para a área;
  • Propostas dos Projetistas das Especialidades/Estimativa de Investimentos para elaboração do Master Plan:
    • Estudos Ambientais/ Projeto Urbanismo/ Arqueologia;
    • Projetos de Infra-estrutura:
      • Redes de Água/ esgotamento Sanitário/ Energia;
      • Terraplanagem/ Drenagem, etc.
    • Programa de Educação Social;
    • Projeto de Iluminação Área de Desova de Tartarugas.

Grupo Brennand

ICAL – Indústria, Comércio e Administração

2003 – 2006 Camaçari – Ba

Realização de Plano Diretor Urbanístico em área de propriedade 76,64 ha, situada em Camaçari – Bahia e comercialização de Glebas.

Atuação

  • Coordenação Geral do Projeto.

Serviços Realizados

  • Comercialização de Glebas/Áreas de 42.090,69 m² e 23.715,84 m² à FAMEC para implantação de Faculdade;
  • Comercialização de Gleba de 330.000 m² à Sertenge para implantação de projetos habitacionais;
  • Plano Diretor Urbanístico – Área de 76,64 há, compreendendo os seguintes serviços:
    • Contratação de Levantamento Topográfico;
    • Análise do Plano Diretor do Município de Camaçari;
    • Reuniões com a Secretaria de Planejamento do Município de Camaçari;
    • Análise da necessidade de estudos ambientais para a área;
    • Análise das formas jurídicas para o desenvolvimento do projeto;
    • Contratação de escritório de Arquitetura para realização do Plano Diretor de ocupação da área de 76 ha e Projeto Urbanístico;
    • Obtenção de Viabilidades das Concessionárias de Serviços Públicos: água, energia, telefonia e coleta de lixo;
    • Obtenção de orçamentos de infra-estrutura;
    • Identificação de Empresa Construtora para execução dos serviços de infra-estrutura objeto do Plano Diretor;
    • Levantamentos das ocupações vizinhas ao terreno – Avenida Leste;
    • Pesquisa de Uso do Solo e tendência de ocupação do terreno em Camaçari através da Empresa P&A para subsidiar o Plano Diretor;
    • Identificação de empresa incorporadora para parcerias;
    • Diagnóstico de mercado com identificação de potenciais compradores para aquisição de áreas de terreno, fruto da colocação de placas no terreno para venda de glebas;
    • Plano de Comercialização de Glebas e/ou Lotes.

FAMEC – Faculdade Metropolitana de Camaçari
(Associação Educativa Cultural de Camaçari)

FAMEC – Faculdade Metropolitana de Camaçari

2003 – 2005 Camaçari – Ba

Implantação da 1ª Etapa do Campus Universitário da FAMEC – Faculdade Metropolitana de Camaçari) com área construída de 3.181,68 m² em área de terreno de 42.090,69 m².


Atuação

  • Coordenação Geral do Projeto.
Projeto da 1º etapa – FAMEC
  • Prédio dta Ala “A”:
    • 11 (onze) salas de aula;
    • 05 (cinco) salas de laboratório;
    • 07 (sete) salas de laboratório;
    • Conjunto de sanitários – Masculino e Feminino;
    • Almoxarifado para laboratórios;
    • Refeitório Funcionários;
    • Rampas de acesso ao prédio;
  • Prédio de Apoio Técnico com 03 (três) pavimentos;
  • Prédio da Portaria e Entrada Principal;
  • Reservatórios – Superior e Subterrâneo;
  • Prédio da Subestação e Casa de Bombas;
  • Estacionamento em gravilhão e meio-fios para 160 vagas;
  • Sistema de Drenagem;
  • Sistema Hidro-Sanitário;
  • Sistema Elétrico e Telefonia;
  • Sistema de Segurança;
  • Pavimentação de via de acesso com gravilhão e meio-fios;
  • Plantio de Grama na área da primeira etapa;
  • Fechamento da área com alambrado em tela galvanizada e cerca de arame farpado no fundo do terreno.

Serviços Realizados

1ª Fase

  • Aquisição do terreno de 42.090,69 m² à Empresa ICAL – Indústria, Comércio e Administração, definindo-se o valor e respectivas condições de pagamento, compreendendo:
    • Promessa de Compra e Venda;
    • Levantamento Planialtimétrico;
    • Acompanhamento de Pagamento das NP´s;
    • Escritura definitiva da área;
    • Identificação na legislação tributária do Município de Camaçari de “imunidade tributária” para a Associação, gerando com isso economia no pagamento dos tributos – ITIV e IPTU;
    • Desmembramento da área no Cartório de Imóveis;
    • Inscrição Imobiliária na Prefeitura.

2ª Fase

  • Realização de Levantamento Planialtimétrico para implantação do projeto;
  • Contratação de Empresa para elaboração do estudo de viabilidade econômica/financeira do projeto, visando consulta prévia de financiamento ao Desenbahia;
  • Contratação de Escritório de Arquitetura para realização dos projetos arquitetônico, urbanístico e paisagístico;
  • Contratação de Empresa para realização de Sondagens;
  • Contratação e Coordenação dos estudos, projetos preliminares e executivos para a execução das obras da primeira etapa do campus da FAMEC;
  • Contratação dos projetos complementares:
    • Levantamento Topográfico – Planialtimétrico;
    • Projeto de Arquitetura e Urbanismo;
    • Projeto Estrutural – Fundações e Estrutura;
    • Projeto Elétrico;
    • Projeto Hidrosanitário;
    • Projeto de Segurança;
    • Projeto de Telefone;
    • Projeto de Drenagem;
    • Memoriais Descritivos;
    • Especificações Técnicas;
    • Sondagens Geológicas.
  • Negociação dos valores dos investimentos – Construção Civil, Ar Condicionado, Mobiliário e Informática – com a Engenharia do Banco (Desenbahia);
  • Acompanhamento do Processo de análise econômica/financeira pela Desenbahia;
  • Análise das garantias (imóveis) a serem oferecidas ao Banco e suas devidas regularizações;
  • Acompanhamento da avaliação dos imóveis objetos das garantias;
  • Aprovação do projeto de Arquitetura da 1ª Etapa na Prefeitura de Camaçari com obtenção do respectivo Alvará de Construção (Dezembro/2004);
  • Obtenção da manifestação das empresas Concessionárias quanto ao fornecimento dos serviços públicos: água, energia, telefonia e coleta de lixo;
  • Preparação de Carta-Convite, com enfoque para contratação de obras pelo regime de empreitada global, visando obtenção de proposta para a execução das obras à luz dos projetos executivos contratados;
  • Elaboração do Contrato de Construção;
  • Fiscalização das Obras da implantação da 1ª Etapa.